Vacinação

Anvisa decide sobre importação da Sputnik V e Covaxin

04 de junho de 2021

Da redação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decide na tarde desta sexta-feira (4) sobre os novos pedidos de autorização para a importação e distribuição excepcional das vacinas contra Covid-19 Covaxin, fabricada pela empresa indiana Bharat Biotech, e Sputnik V, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, da Rússia. Do Brasil 247.

(Foto – ABr

Esta última já foi pivô de uma grande polêmica no Brasil após a Anvisa rejeitar o primeiro pedido de importação e afirmar que a vacina poderia oferecer riscos à saúde dos cidadãos.

Os dois imunizantes já foram rejeitados pela Anvisa, que alegou falta de dados para dar aprovação às substâncias.

O número de doses da Sputnik V que seriam trazidas ao Brasil com a aprovação da Anvisa não foi divulgado. Já da Covaxin, a expectativa é que seajm importadas 20 milhões de doses.