Privatizações

Após reforma da Previdência, Bolsonaro deve anunciar projeto que inicia privatização das universidades públicas

11 de julho de 2019

Da redação

 

Com aval de Paulo Guedes, Abraham Weintraub teria criado projeto para reduzir orçamento das universidades públicas, que seriam liberadas para cobrar mensalidades e captar recursos na iniciativa privada

Reprodução

Após o cumprimento de uma parte do acordo com o sistema financeiro, aprovando em primeiro turno a votação da reforma da Previdência na Câmara, o ministro da Educação de Jair Bolsonaro, Abraham Weintraub deve anunciar nos próximos dias um projeto para acabar com o ensino público e gratuito nas universidades federais.

Com aval de Paulo Guedes, Weintraub criou o projeto que prevê reduzir de forma permanente e profunda o orçamento federal para as universidades públicas, que atuariam como empresas, captando recursos na iniciativa privada.

Com orçamento baixo, o governo federal pretende deixar de financiar pesquisas e congelar novas contratações. Além da prestação de serviços ao setor privado, as universidades serão liberadas a cobras mensalidade dos alunos como forma de financiamento. As informações foram divulgadas pelo Blog do Noblat, baseado no Tag Report das jornalistas Helena Chavas e Lydia Medeiros.

 

Revista Forum


World Builder (high quality)

Um vídeo muito bem produzido sobre realidade virtual.


Baner – Feitosa e Leal Banner lateral temporário