Segurança

Exército desloca tropas para segurança na eleição

05 de outubro de 2018

Da reação

Os homens do Exército que irão atuar na eleição 2018, no Piauí, começaram a se deslocar na manhã desta sexta-feira (05) para os 122 municípios piauienses, que solicitaram tropas federais. O chefe do Estado Maior da 10º Região Militar, coronel José Gerino Bezerra Cordeiro, afirma que o Exército trabalha em parceria com a Justiça Eleitoral para garantir a ordem.

No Piauí, o Exército irá atuar com quatro Batalhões. Cerca de 5 mil homens atuarão no domingo de eleição. “Por solicitação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), junto à presidência da República, o Exército recebeu a missão de garantir a votação e apuração em alguns estados da federação. A 10º região militar é responsável pelos estados do Ceará e o Piauí. O comandante é o general Cunha Matos, que é o comandante da operação. Ele emprega suas tropas nestes dois estados e, particularmente, no Piauí atuaremos com quatro batalhões, o 2º BEC, o 25º BC de Teresina, o 3º BEC de Picos e 4º BEC de Barreiras na Bahia, que vai atuar no Sul do Piauí”, explicou.

As cidades que irão receber o reforço das tropas federais tiveram a solicitação aprovada pelo TSE. “Essa avaliação é feita pelo juiz eleitoral, cada juiz na sua zona. Ele manda essa requisição ao Tribunal Regional Eleitoral, que avalia e encaminha ao TSE. Em última análise, o TSE decide quais zonas eleitorais considera que possuem a necessidade da presença da tropa federal. E com isso, requisita essa tropa à presidência da República. Esse é o trâmite dessa avaliação para se dizer onde terá e não terá a presença da tropa federal”, explicou.

Fonte: Cidadeverde.com



piaui Banner Marcelino