Crime bárbaro

Padrasto mata menino com 20 facadas por ele não parar de chorar

15 de outubro de 2019

 

Da redação

 

Na noite do último sábado (12), um homem matou o enteado de 4 anos e deixou a mãe da criança ferida na cidade de Santo Antônio de Jesus, no interior da Bahia.

 

 

Criança foi morta com 20 facadas – Foto – Divulgação

 

Segundo a polícia local, o homem desferiu 20 golpes de peixeira no menino porque a criança na parava de chorar. No momento do ataque, o menino presenciava a mãe sendo esfaqueada pelo padrasto. A mulher foi socorrida com 8 perfurações, informou o Correio Braziliense.

O delegado do caso, Adilson Bezerra, disse que, após o ataque, o homem se jogou do primeiro andar do prédio.

Ainda segundo o delegado, a mãe é moradora de Salvador, e que o casal se encontrava apenas nos fins de semana. Ela aproveitou o Dia das Crianças para apresentar o filho ao namorado dela. “Durante este último encontro, o homem se alterou do nada, e falou que a mãe do menino estaria traindo lhe traindo. Foi aí que ele foi até a cozinha, pegou a peixeira e começou a desferir os golpes”, informou o Correio Braziliense.

O homem confessou o crime a polícia e disse ter matado a criança por que ela “não parava de chorar” e gritar pela mãe.

De acordo com a polícia, o homem está no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus e foi autuado em flagrante pelo assassinato do menino.

Segundo a polícia local, o suspeito responderá por homicídio triplamente qualificado: motivo cruel, impossibilidade de defesa da vítima e motivo torpe e também por tentativa de homicídio duplamente qualificada – por motivo fútil e impossibilidade de defesa da vítima por causa do do ataque à namorada.

Do Viagora



piaui Banner Marcelino