Política

Padre Walmir diz que já está na hora dos aliados reconhecerem os méritos e a dedicação de Maria Santana

10 de setembro de 2019

Da redação

Diferente do deputado Estadual, Severo Eulálio (MDB), que minimizou o apoio do MDB, na sucessão municipal, ao nome do empresário, Francisco da Costa Araújo Filho, o Araujinho (PSD), dizendo que a sigla apenas gostaria que ele fosse o candidato da base, o prefeito de Picos, Padre José Walmir de Lima (PT), afirmou, após o Desfile da Independência, que continua trabalhando para que a Diretora do CIEM (Centro Integrado de Especialidades Médicas), Maria Santana, seja a candidata governista.

 

Padre prega acima de tudo a união do grupo político – Foto – Reprodução Instagram

 

“Cada um trabalha, vamos todo mundo trabalhando e no final aquele que trabalhou mais com certeza merece seus méritos, o reconhecimento da cidade, do povo, é importante, a democracia é assim, as pessoas se apresentam, se lançam e a escolha final, a avaliação final é do povo pelo reconhecimento, pela maneira de como alguém se interessa, se preocupa, [como] estar presente na cidade”, pontuou o prefeito.

Padre Walmir falou ainda que aonde vai leva o nome de Maria Santana por a considerar uma pessoa que já demonstrou amor, seriedade e presença, sobretudo junto à população mais simples.

“Maria Santana é uma pessoa que já foi testada que já mostrou quem é, passou por várias pastas e na sua simplicidade, porque quem a conhece sabe que ela não faz para si aparecer, nem para receber méritos”, elogiou.

Ele também frisou que, mesmo sem Maria Santana pedir, já está na hora dos aliados, por merecimento, reconhecerem os méritos e a dedicação da Diretora do Centro Integrado de Especialidades Médicas para com a cidade de Picos.

“A gente acha é bom que tenham mais nomes [na base governista] para que tenhamos mais condição de escolher, mas o mais importante é que no final a gente se entenda, compreenda, respeite e continuemos unidos”, concluiu Padre Walmir.

 

De Portal O Povo



piaui Banner Marcelino