Habitação

Beneficiários do Lousinho Monteiro podem perder suas casas caso não regularizem contratos

29 de outubro de 2019

 

Da redação

Os mutuários do residencial Lousinho Monteiro estão sendo notificados a comparecerem em cartório para que sejam efetivados os contratos de seus imóveis. Em cartório, beneficiários deverão fazer abertura de firma para que seus contratos sejam validados junto ao Poder Público.

As notificações estão sendo feitas por meio de ofícios emitidos pela Coordenadoria de Habitação de Picos, além de grupos de WatsApp dos moradores.

 

 

Beneficiários que se apresentarem em cartório podem perder suas casas

 

“A partir de hoje estaremos entregando esses ofícios. E a partir de hoje, moradores notificados têm o prazo máximo de quinze dias para se dirigirem ao cartório”, explica Cláudia Mônica, coordenadora de habitação local.

O cartório habilitado para a regularização dos contratos dos beneficiários é o Cartório do 2º Ofício.

Penalidades

De acordo com Cláudia Mônica, aqueles mutuários que não compareceram ao cartório do 2º Ofício no prazo estipulado após a notificação, poderão ser penalizados com a perda do seu benefício, isto é, podem perder a sua casa.

No momento da regularização, o cartório solicita documento comprobatório de imóvel, ou seja, o mutuário tem que provar que não possui outro imóvel.

 

Cláudia Mônica, coordenadora de habitação de Picos

 

“Caso o beneficiário tenha outro imóvel, automaticamente perde seu contrato”, afirma a coordenadora Cláudia Mônica.

Os conjuntos habitacionais como Antonieta Araújo e Morada Nova também serão notificados. O trabalho de notificação dos beneficiários começa hoje no Lousinho Monteiro.

 

 



piaui Banner Marcelino