Brasileirão

Cruzeiro chega a 90% de chance de rebaixamento e pode cair já na quinta-feira; veja contas

03 de dezembro de 2019

O Cruzeiro pode ser rebaixado já na próxima quinta-feira depois da derrota por 1 a 0 para o Vasco na segunda. Segundo a projeção do site “FiveThirtyEight”, a chance de o clube mineiro disputar a segunda divisão do Campeonato Brasileiro em 2020 é de 90% – principal rival, o Ceará tem 10%.

Foto – Divulgação/Vasco da Gama

Das quatro vagas do Z-4, duas já são do lanterna Avaí e da Chapecoense. O CSA, 18º colocado, está virtualmente rebaixado, só podendo chegar aos mesmos 38 pontos que o Ceará, primeiro fora da zona de descenso, já tem, mas precisando tirar uma diferença de saldo de 26 gols (-30 a -4).

Sobram, então, Cruzeiro e Ceará, já que Botafogo e Fluminense, com 42 pontos, já não podem mais ser alcançados pelos mineiros, que têm 36 – dois a menos que seu concorrente direto na briga.

Na quarta-feira, o Ceará entra em campo, em casa, contra o Corinthians. Caso pontue, seja com empate ou vitória, o Cruzeiro é rebaixado já na quinta se perder para o Grêmio em Porto Alegre.

Se o Ceará vencer o Corinthians, o Cruzeiro estará obrigado a vencer seus dois próximos jogos, contra Grêmio e Palmeiras (no Mineirão, no próximo domingo). O mesmo vale caso os cearenses somem três pontos na última rodada, no Rio de Janeiro, em visita o Botafogo.

Caso o Ceará empate com o Corinthians, o Cruzeiro vai precisar de um empate e uma vitória nos últimos dois compromissos. Na última rodada, porém, os cearenses terão que perder.

Em suma, com dois pontos de desvantagem no momento, o Cruzeiro é obrigado a fazer um a mais que o Ceará, já que, em caso de igualdade, leva desvantagem no número de vitórias – os mineiros só poderão chegar a nove, uma a menos que as dez que os adversários já somaram.

Do ESPN



Banner Marcelino piaui