Eleições internas

PT de Picos tem chapa única para o diretório municipal

27 de julho de 2019

Da redação

 

O Partido dos Trabalhadores de Picos anunciou na noite de ontem, chapa única para a direção do diretório durante o biênio de 2019/2020.  Em consenso entre várias alas do partido, foi criada uma chapa entre membros históricos da sigla como Antônio Libório, Nega Mazé, Oneide Rocha, entre outros caciques.

A decisão aconteceu após várias semanas de discussão interna em torno de um nome que pudesse comandar a sigla em momento conturbado da política nacional e local. Nesse sentido, o partido decidiu unir forças visando a batalha eleitoral do ano que vem, visando cadeiras na Câmara Municipal.

A chapa, cuja presidência é encabeçada pelo vereador Wellington Dantas, tem o objetivo de democratizar cada vez mais a sigla em âmbito local, já que se aproxima mais um embate político-eleitoral.

 

Alguns membros da chapa de consenso, cujo presidente é o vereador Wellington Dantas

“Conversamos com vários interlocutores do partido, com o prefeito Pe. Walmir e membros de correntes de amigos como Nilton César, Carlão do PT e Cledson Almondes e conseguimos formar uma chapa com quem de fato estava disposto a participar do processo eleitoral de consenso e até o momento quem se apresentou a candidato à presidente foi eu. Assim, registamos uma chapa de consenso encabeçada por nomes antigos e novos filiados”, comenta o vereador.

Outro integrante da chapa de consenso, Cledson Almondes, disse que o PT local não pode caminhar em separado, já que a separação enfraquece a sigla em todos os sentidos.

“Nós temos o melhor prefeito da história de Picos que é o padre Walmir e não podemos conceber um partido dividido nesse momento. Vamos caminhar agora com Wellington Dantas na presidência e várias correntes. Isso significa dizer que o partido está cada vez mais fortalecido”, acrescenta o militante petista.

A comissão eleitoral contabilizou na noite de ontem, chapa de consenso em torno do nome do vereador Wellington Dantas, dito acima. Diante disso, nenhum outro grupo da sigla apresentou chapa para registro, diga-se, até às 18 horas de ontem, como manda o regimento do partido.

Desse modo, segundo ressalta Carlão do PT, tal fator implica em total fortalecimento do partido e que a sigla deve sim caminhar junto à administração municipal.

“O Pe. Walmir é o nosso grande comodante. E ele corre junto conosco. Entendemos que o consenso é o melhor para o partido nesse momento”, analisa o petista.

 Confira chapa “Resistência e unidade-Picos para todos”

Presidente

Wellington Dantas

Membros

Alexandre Ribeiro Ramos

Antônia Magna Moreira e Silva

Antônio José Costa de Oliveira

Antônio Libório Leal

Cláudia Mônica de Sousa

Deivison de Moura Chagas

Eleneuda Raimunda dos Santos

Francisca Luzanira de Sousa

Francisco Hiran Gonçalves Dantas

Francisco Zacarias Teixeira

Maria Oneide Fialho Rocha

Paula da Costa Teixeira

Railda Josefa de Sousa

Raimundo Nonato de Sousa silva

Nilton César de Sousa

Maria José Alves do Nascimento

Carlos Augusto Soares Ferreira

Cledson de Moura Almondes

João Hermínio de Oliveira

Vitória de Sousa Almondes Veloso

Luísa Alessandra de Oliveira Fonte

Hidelbranda Conceição Silva

Deusimário Rocha Soares

Josefa Geane Dantas

Jeferson da Silva Lima

Jordânia Maria do Nascimento

Conselho de ética

Antônio Francisco Gonçalves

Gregório Bispo de Sousa

João Jaques Seno Moura

Maria do Carmo de Sousa

Lucilândia Maria Almondes

 



piaui Banner Marcelino